I Encontro APCMS/Envolve-te’19


Sono, Aprendizagem e Desenvolvimento
Santo Tirso, 15 e 16 Março 2019

Reconhecendo a importância do sono para a sobrevivência e as suas funções associadas à saúde e bem-estar, a Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono, em conjunto com o Envolve-te e com a Câmara Municipal de Santo Tirso, desenvolveu um programa destinado a celebrar, nos dias 15 e 16 de março, o Dia Mundial do Sono 2019, transformando a cidade de Santo Tirso na Capital Portuguesa do Sono de 2019.

A par da animação sociocultural e dos eventos lúdico-pedagógicos agendados para a semana do sono, o I Encontro APCMS sobre Sono, Aprendizagem e Desenvolvimento terá lugar nos dias 15 e 16 de Março, na Fábrica de Santo Thyrso.

Destinado a Educadores, Cuidadores, Clínicos e População Geral será um marco na reflexão e debate sobre um tema que nos toca a todos.

Os ritmos biológicos, e em particular o sono, determinam o sucesso de diversos mecanismos dos quais dependem a nossa saúde, bem-estar e interação social. A associação entre sono, aprendizagem e desenvolvimento é inequívoca e os frutos de um sono adequado sobre estas funções surgem independentemente da idade, mas afetando, sobretudo, os escalões etários mais precoces e vulneráveis. A proatividade é essencial desde o ensino aos cuidados de saúde.
O I Encontro APCMS de Sono, Aprendizagem e Desenvolvimento será o ponto de partida, será claramente o destino certo no Dia Mundial do Sono!


MIGUEL MEIRA E CRUZ
Especialista Europeu em Medicina do Sono

Presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono


Apesar do inquestionável valor do sono na maturação, no crescimento e desenvolvimento das crianças, apesar da evidência de que os bons hábitos e rotinas de sono são relevantes para determinados escalões etários e apesar da evidência de que a privação de sono em idade escolar é promotora de dificuldades relacionadas com o desenvolvimento e aprendizagem, a Escola, como uma resposta institucional e social, tem dado pouco espaço ao SONO, seja na perspetiva do seu estudo e investigação, seja na perspetiva da formação de cidadãos.
Sabemos já que a insuficiência ou a perturbação do sono pode ter efeitos negativos nas crianças, a curto e a longo prazo. O défice de sono tem uma importância fundamental nos processos da formação e consolidação da memória, nos processos de concentração e abstração, nos processos de aprendizagem e, consequentemente no sucesso escolar.
Tem também sido mais comum a correlação de algumas alterações do comportamento dos alunos (como a hiperatividade, agressividade ou uma maior probabilidade de comportamentos de risco) com a privação de sono e com os errados hábitos e higiene do sono.
É também através de educação – de crianças, adolescentes, pais, educadores, profissionais de saúde – para a higiene do sono que se podem mudar práticas, convicções e até mesmo crenças enraizadas.
Esse é o nosso objetivo: potenciar a reflexão, a partilha e o conhecimento. Junte-se a nós!


HENRIQUE SANTOS
Educador de Infância

Presidente da Comissão Organizadora

Sem comentários:

Publicar um comentário